Para que o Portal possa funcionar corretamente, instalamos pontualmente no seu computador ou dispositivo móvel pequenos ficheiros denominados cookies ou testemunhos de conexão.

O PAI - HEROI

Votos de utilizador:  / 28
FracoBom 
AddThis Social Bookmark Button

Caros IIr:.,
Para falarmos sobre a figura do Pai e sua relação com a família é necessário, antes, discorrermos sobre alguns aspectos relevantes que  a cercam nos tempos atuais, tão conturbados e confusos. Defensores que somos da tradição e do sagrado, estamos sempre atentos às bases que sustentam e subjazem a  sociedade humana, de forma tal a podermos  intervir e contribuir para a sua estabilidade e equilíbrio.

Fala-se que o ano 2000 se foi e o mundo ainda não acabou, conforme dezenas de profecias previam, mas para os mais críticos e atentos aos passos da humanidade, a historia pode ser bem outra, senão vejamos:

    Com excepção da instituição do poder e do capital, onde foram parar todas as outras que sustentavam a sociedade humana?
    Onde está a religião ?
    E Deus, que outrora trazíamos no coração e hoje carregamos no bolso?
    O que foi feito do civismo, do amor `a Pátria e  da disciplina?
    Onde se encontram o respeito ao próximo e à propriedade alheia?
    E a justiça?

Vivemos em um mundo onde o homem é explorado pelo próprio homem e os cegos guiados por outros cegos;  um mundo onde quem decide o próximo passo são os próprios  pés;  um mundo onde nem o planeta escapa `a ferocidade do poder, fator de destruição do meio ambiente e desagregação dos ecossistemas. O que dizer de como está  a Família, onde o amor, seu principal fator constitutivo, foi definitivamente substituído pelo sexo e pelo culto ao corpo o que implica em uniões efêmeras e filhos sem pais?

Que estranho mundo é esse de Homens-mulheres e Mulheres-homens, onde a própria natureza huma- na é  violentada, não só  em sua essência, como também em sua forma, através de mutilações e deformações auto impostas em nome de uma vaidade sem regras e sem limites, cujos resultados produzem seres bizarros e, não raro, verdadeiras aberrações antinaturais. Isso é patético...

Que dizer de uma geração de jovens e crianças onde expressões usadas em penitenciarias viram gírias de uso comum e seus autores,  assassinos filhos da violência, posam de heróis e Robins Woods? Não há o que contestar !  Será que o  Armagedon faria um estrago maior?

Mas felizmente algo ainda vive, e este algo  é a esperança em uma Nova Ordem Mundial que ressuscite  certas instituições e valores fundamentais ao restabelecimento da sociedade humana tão fragmentada como conseqüência da quase total dissolução da família, sua  Célula Mater  que, qualquer que seja a evolução, progresso ou passo a ser dado pela humanidade, deve permanecer indissolúvel, pois sem a qual não se constrói nenhum edifício social.

Essa Nova Ordem é uma bandeira Maçônica.

Deus se manifesta no universo em 3 aspectos. Analogamente, Deus se manifesta na célula mãe também em 3 aspectos: o pai, a mãe e o filho. A família é, por conseguinte, a manifestação de Deus na formação da sociedade humana o que a caracteriza como  Manifestação do Sagrado.

Assim como a mãe é a expressão do amor, o pai é a expressão da lei. Sem o pai o amor da mãe não se sustenta e vice e versa. Sem o equilíbrio dessas duas forças complementares não pode haver o produto, o filho. Certas mulheres mais radicais que, há alguns anos atrás  apregoavam e realizavam as chamadas produções independentes, ou seja, filhos sem pai, para nosso alivio,  tem dado testemunhos emocionados sobre o quanto estavam equivocadas  e o alto preço que estão tendo que pagar pelo erro cometido.

Um homem jamais será uma mãe, assim como uma mulher jamais será um pai porque possuem características intrínsecas diferentes necessárias ao equilíbrio do filho e, por conseguinte, da própria humanidade. Não se trata aqui da função de mantenedor da família, mas de sua formação através dos opostos complementares como: razão/ emoção ; objetividade/ subjetividade;  lei-regra-disciplina/ Amor- compaixão- tolerância , e assim por diante.

Convocamos então a todos, Maçonaria , Religião e Sociedade (outra trindade análoga a pai, mãe e filho) a juntos resgatarmos a figura do Pai-Heroi,  esse tão sofrido personagem que, na visão do filho, será sempre o mais bonito, o mais forte, o mais poderoso e enfim, o arquétipo a ser seguido, copiado e admirado.

Fica aqui nossa certeza de que, se atuarmos juntos na base da sociedade, poderemos sonhar com um mundo melhor, repleto de amor, fraternidade, liberdade e justiça , para a gloria do G.A.D.U.


Ir:. Carlos Alberto Gonçalves M:.M:.
A:.R:.L:.S:.  Luminaris do Atlântico - 167  -  Or:. Ubatuba, S.P., Brasil