Para que o Portal possa funcionar corretamente, instalamos pontualmente no seu computador ou dispositivo móvel pequenos ficheiros denominados cookies ou testemunhos de conexão.

ALGUNS FATOS HISTÓRICOS SOBRE A MAÇONARIA ADONHIRAMITA

Votos de utilizador:  / 99
FracoBom 
AddThis Social Bookmark Button
Na maçonaria adonhiramita nos surge sempre a pergunta, quem foi que deu nome a nossa ordem, quem foi adonhiram? Muitos afirmam que adonhiram seria a representação do nome senhor Hiram onde adon significa senhor, contudo devemos voltar ao tempo da construção do templo de Jerusalém para que esta pergunta possa ser respondida.

Na construção do templo temos três personagens principais que formavam as três grandes luzes responsáveis por sua construção, o primeiro era o rei Salomão, que, com sua sabedoria e riqueza, administrava o reino e comandava a construção do templo. O segundo personagem é o Rei Hiram de Tiro, reino vizinho que formava uma aliança política, comercial e espiritual com Salomão; este Rei foi o responsável pelo envio de mão de obra especializada, bem como de grande parte da madeira usada na construção do templo. Participava também como apoio político e comercial, já que o reino de Tiro dominava nesta época os mares; formavam ainda uma força religiosa com Salomão pois eram eles quem iniciava os Mestres-Construtores, ou melhor dizendo, os mestres maçons da época. A terceira figura é Hiram Abif que veio a pedido de Salomão do reino de Tiro onde este morava na altura; ao chegar, foi reconhecido como grande construtor e um verdadeiro maçon, sendo muito respeitado e admirado por Salomão e por todos os trabalhadores, se tornando o mestre de obras do templo.

Tendo por função principal administrar a construção do templo e providenciar a sua decoração, este instituiu três classes de trabalhadores, os aprendizes ou trabalhadores da pedra bruta que tinham por objetivo escavar na rocha e retirar dela grandes blocos de pedra, viviam em cavernas escavadas na rocha, dentro desta mesma hierarquia se destacam os que mais tinham aptidão para o trabalho e a eles era dado o trabalho de desbastar a pedra bruta transformando esta em pedra polida ou pedra cúbica, o segundo grupo eram os oficiais também chamados de companheiros a eles se destinava o trabalho colocar as pedras no lugar do templo construindo as paredes e as estruturas do templo, auxiliados sempre pelos mestres construtores, estes começavam a descobrir os ofícios da arte de trabalhar com o metal e com as esculturas em pedra e adornos em madeira. O terceiro grupo era formado pelos mestres construtores que tinham por função dirigir os trabalhos dos oficiais bem como cuidar das obras de engenharia a serem produzidas, o Mestre de Todos os mestres era Hiram Abiff que comandava ao lado de Salomão a construção do templo.

Para dividir estes três grupos e para que estes se reconhecessem entre si forma instituídas palavras de passe e gestos determinados que diferenciavam os aprendizes, companheiros e mestres, tanto para que estes se reconhecem entre si onde quer que se encontre bem como para que lhes fosse pago o salário no fim da semana. Alguns companheiros descontentes com o seu nível hierárquico e com seus salários tentaram se tornar mestres sem o devido merecimento, para isso emboscaram Hiram Abiff e tentaram lhe arrancar as palavras de mestre, este não disse uma palavra e foi morto por eles logo em seguida, os assassinos forma encontrados, sentenciados e mortos, não vou me aprofundar neste ponto pois o que importa neste momento é quem foi Adonhiram.

Após a morte de Hiram Abiff um lugar vazio se abriu no peito de cada trabalhador pois perdiam a sua corda guia e quem poderia agora dirigir os trabalhos, com a sabedoria de Salomão este tornou um dos mestres construtores o novo mestre de obras o seu nome era Adonias, este mestre construtor por se parecer muito com seu mestre Hiram Abiff tanto em gestos ações e palavras ganhou o apelido carinhoso de Adonhiram e a partir daquele momento até o Rei Salomão passou a chamá-lo assim em homenagem a seu querido mestre de obras morto, após algum tempo Adonias muda seu nome para adonhiram e se torna um Grande mestre construtor quase que se igualando ao seu antigo mestre Hiram Abiff e terminando a obra começada, a construção do templo de Jerusalém onde a Arca da Aliança ficaria a salvo para sempre e o seu deus teria agora a sua definitiva morada.

Este Mestre Construtor que concluiu o Templo de Salomão marcou seu nome na história como um grande personagem e um grande mestre maçom, tornando o templo de Jerusalém uma das maiores belezas já vista sobre a terra, além disso se tornou uma luz para seus companheiros um exemplo de determinação e sacrificio ajudando a todos os seus irmão em todo o momento que estes precisassem, instruindo e guiando ainda por muito tempo todos os construtores que estiveram sobre suas ordens, este grande mestre se chamaria Adonhiram e gravaria o seu nome como percursor da Ordem Iniciática Maçônica a qual nós fazemos parte.


Or.'. de Itapema, 18 de Outubro de 2002 E.'.V.'.
A.'.R.'.L.'.S.'. PEDRA CINTILANTE, 60
G.'.O.'.S.'.C.'./C.'.O.'.M.'.A.'.B.'.
F.'. D.'., A.'. M.'.