O QUE É UM RITO?

Classificar Artigo

Classificar ArtigoAlgo muitas vezes difícil de compreender tanto para os profanos como para os Maçons é a multiplicidade de ritos praticados pela Augusta Ordem. Os primeiros estão naturalmente desculpados uma vez que não entendem a não aplicabilidade da noção geral de rito à particularidade deste termo na Maçonaria. Os segundo …

O RITO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoRITO vem da palavra latina ritus, que era utilizada para designar a idéia de formalismo ou de algo convencional. As práticas antigas eram promovidas nesses atos formais ou convencionais, para que ficassem gravadas na imaginação. Os governantes procuravam imprimir gestos, cores, sinais, símbolos, palavras e sons, para criar condicionamentos …

O SIMBOLISMO DA CADEIA DE UNIÃO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoHá, em Magia, palavras de pronunciação perigosa; há também ritos maçónicos aos quais será melhor não nos associarmos quando não temos plena consciência do seu poder oculto. O tema da “Cadeia de União” é um desses que, apesar da sua aparente simplicidade, encarna uma das figuras mais complexas do …

O SOL E A LUA

Classificar Artigo

Classificar ArtigoApesar de a Maçonaria Regular requerer que os seus candidatos confirmem a sua crença em Deus, não aprofunda o sujeito, deixando a religião e a sua prática ao Maçon enquanto indivíduo. Isto é a Maçonaria pretende afirmar a crença num Deus, mas não forçosamente no Deus Cristão. A maçonaria …

O VINHO NA MAÇONARIA

Classificar Artigo

Classificar Artigo Dizem-se os filhos da Luz, e pretendem transformar homens bons em Homens melhores. Segundo o Rito Escocês Antigo e Aceite, que assenta em três pilares – Sabedoria, Beleza e Harmonia percorrem o caminho que os leva ao grande Arquitecto do Universo desde tempos imemoriáveis. Transportam consigo a ciência …

OS MISTÉRIOS

Classificar Artigo

Classificar Artigo“(…) JAMAIS REVELAR ALGUM MISTÉRIO, SEGREDO OU SÍMBOLO DA MAÇONARIA, POR QUALQUER FORMA QUE SEJA A QUALQUER HOMEM QUE EU NÃO RECONHEÇA COMO VERDADEIRO E FIEL MAÇON. (…) SE EU FALTAR A ESTE COMPROMISSO QUE ACABO DE ASSUMIR DE LIVRE VONTADE E FIRME DETERMINAÇÃO, CONSINTO EM SER CHAMADO DE …

PARTICIPAÇÃO DA MAÇONARIA NA PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA NO BRASIL

Classificar Artigo

Classificar ArtigoA maçonaria brasileira nasceu com o Brasil, e esteve presente em todos os principais acontecimentos históricos e que culminaram no País que hoje vivemos. Diferente não poderia ser a sua participação na Proclamação da República. “A partir de hoje, 15 de novembro de 1889, o Brasil entra em nova …

MAÇONARIA E A SOCIEDADE DO SÉCULO XXI (PASSATEMPO DO PORTAL – 3º CLASSIFICADO)

Classificar Artigo

Classificar ArtigoMaçonaria e a Sociedade do Século XXI por José Roberto Mira, M.’.M.’.Gr.’. IV – A.’.R.’.L.’.S.’. RENASCER 130 {G.’.O.’.P.’.} Agrada-me sobremaneira a oportunidade de escrever sobre a nossa Sublime Ordem Maçônica. Quando escrevia os trabalhos para aumento de salários, nos meus tempos de aprendiz, tudo era muito fácil, tudo era …

MAÇONARIA E A SOCIEDADE DO SÉCULO XXI (PASSATEMPO DO PORTAL – 2º CLASSIFICADO)

Classificar Artigo

Classificar ArtigoMaçonaria e a Sociedade do Século XXI por “Godofredo” Introdução A realização deste trabalho é para mim como um desafio e uma aventura. Confesso que não é fácil a um profano como eu, estar a dissertar sobre a maçonaria, pois sou um mero “observador”.É quase como que um telespectador …

MAÇONARIA E A SOCIEDADE DO SÉCULO XXI (PASSATEMPO DO PORTAL – 1º CLASSIFICADO)

Classificar Artigo

Classificar ArtigoMaçonaria e a Sociedade do Século XXI Um ensaio sobre a Globalização e Actuação da Maçonaria no mundo profano.por Bruno Brazinha, M.’.M.’.R.’.L.’. Camelot nº 50 (G.’.L.’.R.’.P.’./GLLP) Índice: 1. Introdução 2. O que é a globalização? 3. As forças motoras da globalização 3.1. Trocas comerciais internacionais e o interesse dos …

PORQUE SOU MAÇON?

Classificar Artigo

Classificar ArtigoO que aqui me traz hoje, para além de uma integral devoção à Maçonaria Universal, a que me orgulho de pertencer, é a resposta ao convite do meu querido e ilustre Irmão Amando H.’., no sentido de tecer, para o mundo profano, algumas das reflexões pertinentes, na minha qualidade …

O RITO MODERNO

Classificar Artigo

Classificar Artigo O I.’. Octaviano Galvão Filho, ao prefaciar a obra do I.’. José Castellani – A MAÇONARIA MODERNA [1] -, com propriedade, afirma:“Para pesquisar a verdade, é preciso desfazermo-nos de todos os conceitos adquiridos e reconstruir de novo, desde os fundamentos, todos os sistemas do nosso conhecimento.” E a …

SOLSTÍCIO DE VERÃO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoDe acordo com alguns dos autores mais avisados, o S. João a que se referem as Lojas dos graus simbólicos do Rito Escocês Antigo e Aceite, não é nenhum dos dois S. Joões Solsticiais celebrados pelo Cristianismo, na tradição romana dos Janua – o Baptista (24 de Junho) e …

VISÃO TRANSDISCIPLINAR DA MAÇONARIA

Classificar Artigo

Classificar ArtigoO artigo 1º, caput, da Constituição do Grande Oriente do Brasil nos leva a uma série de investigações pessoais, podendo afirmar, na mais moderna doutrina européia vigente, que o texto é transdisciplinar. Antes de analisarmos o conceito de transdisciplinaridade e aplicarmos à Maçonaria, transcreveremos o art. 1º, para que …