SALMO 133 – ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoSALMO 133 Ecce quam bonum et Quam iucundumhabitare fratres in unum Sicut unguentum in capite Quod descendit in barbam barbam Aaron Quod descendit in ora vestimenti eius Sicut rosHermon quod descendit Iin montem Sion quoniam illic mandavit Dominus Benedictionem et vitam usque in saeculum SALMO 133 “OH! QUÃO BOM …

MAÇONARIA E REDES SOCIAIS – UMA REFLEXÃO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoAs redes sociais se constituem em hábito presente na vida de todos nós, atraindo cada vez mais e mais usuários, especialmente entre jovens já nascidos na era da mobilidade digital. Não se trata de “modismo”, mas de comportamento definitivamente incorporado na vida de um número cada vez maior de …

INSTRUÇÃO DE APRENDIZ 1

Classificar Artigo

Classificar ArtigoEm nossa segunda Instrução, nós aprendizes, tomamos contato com mais pormenores dos símbolos que até então nos eram desconhecidas as suas significações e simbologias. A exemplo, a orientação de nossa oficina do Or.’. ao Oc.’. e de N.’. ao S.’. que representam toda a grandiosidade e compromisso de nossa …

A ACÁCIA

Classificar Artigo

Classificar ArtigoA Acácia: planta símbolo por excelência da Maçonaria; representa a segurança, a clareza, e também a inocência ou pureza. A Acácia foi tida na antiguidade, entre os hebreus, como árvore sagrada e daí sua conservação como símbolo maçônico. Os antigos costumavam simbolizar a virtude e outras qualidades da alma …

A MAÇONARIA E O LIVRO DA LEI

Classificar Artigo

Classificar Artigo“decifra-me pelo estudo” Para minha esposa e família Aos mestres: Ir. Mário Proietti, Ir. Dorival Pinto, Ir. Francisco Rorato, Ir. Teobaldo Varoli Filho, Ir. José Luiz Gibim Xocaira e Ir. Giuseppe Massarotti (padrinho) APRESENTAÇÃO Embora, hoje, exista farta literatura sobre a maçonaria, com excelentes obras de autoria de estudiosos …

O ESTILO GÓTICO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoA Arquitetura Normanda ou Românica Os Maçons da Normandia, que acompanharam Guilherme d’Orange durante a invasão da Inglaterra, possuíam profundos conhecimentos no trabalho com a pedra. A sua habilidade, juntamente com a necessidade de defender os domínios recém-conquistados dos Saxões, levou os Normandos a levantar muitos castelos. O exemplo …

O COMPORTAMENTO DO MAÇOM DENTRO E FORA DO TEMPLO

Classificar Artigo

Classificar ArtigoINTRODUÇÃOO tema “O COMPORTAMENTO DO MAÇOM DENTRO E FORA DO TEMPLO” está intrinsecamente relacionado aos princípios de nossa Sublime Ordem que propaga ser uma escola formadora de líderes. Como sabemos, o exercício da liderança representa um ônus elevado pois, além da responsabilidade inerente, o comportamento é fundamental pelo exemplo …

Simbologia Maçónica

Classificar Artigo

Classificar ArtigoA seguir descrevem-se alguns dos simbolos importantes para a Maçonaria. Os textos, na sua maioria, devem-se à generosa contribuição do Grémio Fénix. Estrela de cinco pontas: sendo a Estrela do Oriente ou a Estrela Iniciação, é a que simbolizou o nascimento de JESUS:. É o símbolo do Homem Perfeito, …

Crenças e Prácticas

Classificar Artigo

Classificar ArtigoNOTA INTRODUTÓRIA: Os textos que seguem são uma compilação de excertos de vários autores, devidamente assinalados. Os originais de todos eles são em lingua inglesa, tendo eu tentado efectuar uma tradução tão fiel ao original, quanto possível, embora, evidentemente, em certas passagens fosse imperativa a adaptação ao nosso português. …

As origens da Maçonaria

Classificar Artigo

Classificar ArtigoSobre as origens da Maçonaria têm-se gasto rios de tinta e escrito as mais fantasiosas histórias. Desde os mistérios de Elêusis ao rei Salomão e à Ordem do Templo, tudo tem servido a maçons, desejosos de exaltar a antiguidade da Ordem, e a profanos não menos desejosos de denegrir …

Organização da Maçonaria

Classificar Artigo

Classificar ArtigoMaçonaria, que é também conhecida como Franco-maçonaria (nome que tem origem nos mestres de obras das catedrais medievais, conhecidos na Inglaterra como Free-stone mason), é, antes de tudo, uma associação voluntária de homens livres, cuja origem se perde na Idade Média, se considerarmos as suas origens Operativas ou de …